Scholem Aleichem visita a ASA

054 (2) 118 (2)

Com a leitura dramatizada de dois contos de Scholem Aleichem no domingo 14 de setembro, a ASA enriqueceu ainda mais as comemorações pelo seu 50° aniversário de fundação. O grupo Não Faça Drama, Faça Teatro, do Midrash, dirigido por Beatriz Junqueira, interpretou “O relógio das treze badaladas”, texto adaptado por Renato Mayer, que é diretor da ASA e colaborador do nosso Boletim, e também faz parte do grupo de Beatriz no Midrash. Sob a direção de Gilberto Marmorosh, o Teatro Israelita de Comédia fez a leitura de “A sorte grande” com a participação de Clarita Paskin (voz) e Haroldo Goldfarb (teclado). O diretor Jacques Gruman abriu o programa com algumas palavras sobre a obra e a popularidade de Scholem Aleichem e, no fim, público e atores confraternizaram junto a uma mesa de salgados e doces fornecidos por Claudete Zambon (Doce DeLeite). As comemorações pelos 50 anos da ASA incluíram um concerto do violonista Turibio Santos e outro do quarteto de música klezmer Klezbrajam (ler Notas abaixo).

Seja o primeiro a comentar