Nora Rónai no Círculo de Leitura

004 (6)Fala enérgica, olhos brilhantes, Nora Rónai até que tentou. Mas não foi fácil resumir em uma hora e pouquinho 90 anos de uma vida fascinante, de aventura, perseverança e amor, respondendo às perguntas sem fim das frequentadoras do Círculo de Leitura, na tarde de terça-feira dia 2 de dezembro, na ASA. Arquiteta, nadadora “desde bebê”, e agora também escritora, Nora falou sobre a infância na cidade de Fiume – na época pertencia à Itália, hoje faz parte da Croácia – , sobre a imigração com a família para o Rio de Janeiro em 1941, sobre arquitetura e seus personagens famosos, sobre todas as medalhas que ganhou – é campeã Máster de natação – e, talvez com mais vigor, sobre a vida em comum com o falecido marido, o escritor e tradutor húngaro Paulo Rónai. Nora lançou no primeiro semestre de 2014 Memórias de um lugar chamado Onde – “está tudo lá”. Em 2013, já havia posto em circulação a coletânea de contos infantis O roubo da varinha de condão e outras histórias.

Seja o primeiro a comentar