Debate: Richard Wagner

A personalidade, o caráter e a obra de Richard Wagner foram debatidos no dia 4 de agosto, domingo, na sala de vídeo da ASA. Dois estudiosos de música clássica – o médico e músico Carlos Acselrad, titular da coluna “Na Asa da Canção”, do Boletim ASA (www.asa.org.br), e o professor, advogado e escritor Gabriel Lacerda – discorreram sobre a vida do compositor. A capacidade e a vontade de  separar o homem do artista foi o que despertou maior interesse  do público. O debate se concentrou sobretudo nas ideias antissemitas de Wagner e na cooptação de seu repertório pelo regime nazista na Alemanha, que o transformaram em persona non grata em  meios judaicos dentro e fora de Israel.

Jacques Gruman apresenta os debatedores

Jacques Gruman apresenta os debatedores

Gabriel Lacerda (com o microfone), Carlos Acselrad (centro) e Jacques Gruman

Gabriel Lacerda (com o microfone), Carlos Acselrad (centro) e Jacques Gruman

Gabriel Lacerda (com o microfone), Carlos Acselrad (centro) e Jacques Gruman

Gabriel Lacerda (com o microfone), Carlos Acselrad (centro) e Jacques Gruman

Gabriel Lacerda (com o microfone), Carlos Acselrad (centro) e Jacques Gruman

Gabriel Lacerda (com o microfone), Carlos Acselrad (centro) e Jacques Gruman

Carlos Acselrad responde a uma pergunta do público

Carlos Acselrad responde a uma pergunta do público

Carlos Acselrad (com o microfone), Gabriel Lacerda (à direita) e o diretor Jacques Gruman

Carlos Acselrad (com o microfone), Gabriel Lacerda (à direita) e o diretor Jacques Gruman

Carlos Acselrad (com o microfone), Gabriel Lacerda (à direita) e o diretor Jacques Gruman

Carlos Acselrad (com o microfone), Gabriel Lacerda (à direita) e o diretor Jacques Gruman

 

Seja o primeiro a comentar