Boca no Trombone – Acabar com a escalada da violência”

Enquanto a violência aumenta diariamente, as entidades que subscrevem este documento reiteram, mais uma vez, a convicção de que o diálogo genuíno é o único caminho para a paz entre israelenses e palestinos.

Os fundamentalistas e os militaristas confiam apenas na vitória de um sobre o outro, mesmo que esta fique coberta de sepulturas, destruição e ódio. Nesta perspectiva, qualquer triunfo será uma vitória de Pirro, efêmera, com mais danos aos vencedores do que aos vencidos, uma vez que logo recomeçam as vinganças, desforras e castigos.

A ocupação de terras palestinas é tão nefasta quanto a despropositada ideia de eliminação de Israel. Negar a existência tanto de Israel quanto da Palestina como estados (um já existente, o outro por nascer) potencializa, dia a dia, a tragédia.

O caminho que propomos é mais longo e complexo. No entanto, é o único possível. Requer mais determinação, coragem e argumentos do que o exercício da violência.

Convocamos a Comunidade Internacional e todos aqueles que estão verdadeiramente preocupados a aderir a este apelo, para que ambas as partes cessem de imediato a violência. Que os dirigentes façam todos os esforços necessários para que se chegue a uma solução pacífica, com o estabelecimento de fronteiras seguras, reconhecimento mútuo, soberania plena e cooperação, com base na fórmula Dois Povos = Dois Estados.

Buenos Aires, 10 de julho de 2014

ICUF – Ídisher Cultur Farband (Argentina)

Convergencia para un Judaísmo Humanista y Pluralista (Argentina)

Meretz Argentina

ASA – Associação Scholem Aleichem de Cultura e Recreação (Brasil)

Meretz Brasil

Seja o primeiro a comentar